Aguarde, carregando...

Esse conteúdo é exclusivo para associados ABOR.
Caso queira visualizar, faça seu login ou associe-se.

Login Associar-se
Voltar ao site

ABOR adota ações de combate à disseminação da COVID-19

ABOR Nacional
Quinta, 30 de Abril de 2020

ABOR adota ações de combate à disseminação da COVID-19

 

Em dezembro de 2019 surgiu um novo vírus respiratório na China, na cidade de Wuhan. Batizado de Sars-Cov-2, o novo coronavírus se aproveita da globalização e do intenso fluxo de pessoas entre os países e já nos primeiros meses de 2020 passa a circular com velocidade. Com efeito, em um curto espaço temporal, o vírus, causador da doença COVID-19, chega aos vários continentes, provocando contágios e mortes.

A ABOR, instituição representativa dos especialistas em Ortodontia no Brasil, tem acompanhado com atenção os caminhos da COVID-19 e sua disseminação no País. Através das redes sociais (Facebook e Instagram), a Associação vem orientando ortodontistas e pacientes acerca de cuidados que podem ser adotados para prevenir o contágio. Além disso, vem atualizando os associados sobre medidas que a entidade tem tomado, preocupada com a saúde dos profissionais da Ortodontia e da sociedade em geral. Veja a seguir as ações da ABOR na luta contra a disseminação do Novo Coronavírus.  

COMUNICAÇÃO SOCIAL -  Em meados de março, a ABOR buscou orientar à população por meio de informações sobre a origem da doença, formas de transmissão, sintomas e medidas de prevenção. Paralelamente, a Associação apresentou aos seus sócios as medidas que vinham sendo adotadas em diferentes países quanto ao funcionamento de clínicas; e informou sobre o cancelamento da Sessão Anual da AAO, bem como do adiamento do 17º Exame do BBO, que ocorreria em Salvador. 

WEBINARs ABERTOS - Considerando a diminuição e até a suspensão de atividades odontológicas em todo território nacional, assim como o isolamento social, a ABOR passou a disponibilizar o arquivo dos Webinars também para os não-sócios. 

LIVES SEMANAIS - A ABOR está se programando para realizar uma série de Lives semanais com assuntos que contribuam tanto para o momento atual da Ortodontia como para a retomada dos nossos atendimentos. 

ORIENTAÇÃO AOS PACIENTES - Campanha de esclarecimento e orientação aos pacientes que tiveram as consultas adiadas dada a pandemia do novo Coronavírus. Essa campanha, com excelente repercussão nas redes sociais, tem se revelado como uma medida fundamental para proteger a saúde de pacientes, funcionários e famílias.

MEDIDAS ECONÔMICAS - No início de abril foi encaminhado ofício ao Ministério da Economia sobre o impacto econômico da COVID-19 na Odontologia. Nesse documento, a ABOR reiterou solicitações feitas pelo CFO, Conselhos e Associações de Odontologia, em relação às medidas econômicas que poderiam ser implantadas pelo Ministério a fim de contemplar os profissionais liberais e as empresas durante o período de emergência sanitária no país. Tais medidas, de natureza fiscal e de crédito, contemplariam a classe odontológica, colaborando para a garantia e manutenção de empregos diretos e indiretos.

REGULAMENTAÇÃO - No âmbito do exercício profissional, ao tempo em que a ABOR compartilhou da decisão do Conselho Federal de Odontologia (CFO), que propôs medidas restritivas ao avanço viral, também encaminhamos ofício a esse Conselho, no qual ressaltamos a natureza do trabalho desenvolvido na Ortodontia. Desse modo, tendo em perspectiva que a Ortodontia é uma das especialidades da Odontologia que, para o diagnóstico, planejamento do tratamento e terapia ortodôntica é imprescindível o contato presencial entre o paciente e o profissional, a ABOR solicitou que, no caso da teleodontologia ser regulamentada durante o período de pandemia, o diagnóstico e planejamento ortodôntico não fossem inclusos nessa modalidade de atendimento.

URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS - Mais recentemente, em novo ofício ao CFO e com vistas a um equilíbrio adequado entre o distanciamento social e o atendimento odontológico necessário em casos individuais, a Associação requisitou a inclusão do  controle do movimento dentário em tratamentos ortodônticos em andamento na Classificação de Procedimentos Odontológicos de Urgência da Nota Técnica GVIMS/GGTES/ANVISA nº 04/2020, para que os profissionais possam controlar os efeitos decorrentes de força aplicada sobre os dentes, considerando o melhor interesse dos pacientes. Com isso, o controle do movimento dentário passaria a compor os atendimentos de Emergências e Urgências na especialidade da Ortodontia, como figuram nesse rol hoje o ajuste, a troca ou remoção do arco ou dispositivo ortodôntico que estiver ulcerando a mucosa bucal.

MANUAL DE BIOSSEGURANÇA - Para abrandar os riscos de contaminação nos consultórios ortodônticos, a ABOR formou uma comissão e está produzindo um manual que trata da biossegurança no ambiente de trabalho. Em fase de desenvolvimento, esse manual trata de indicações de protocolos de esterilização, desinfecção e limpeza dos ambientes, instrumentais e equipamentos, bem como de recomendações inerentes ao cuidado relacionado à transmissão do vírus, de modo que sejam eliminadas ou diminuídas as chances de contágio. Quando estiver finalizado, será disponibilizado aos ortodontistas e muitas das práticas preconizadas deverão ter continuidade no dia a dia dos Ortodontistas. 

 

Dr. Dennyson Holder

 Presidente da ABOR

 

 

 

Seja um Associado

Associar

Nossas Redes Sociais

Endereço

RUA DR. MÚCIO GALVÃO, 480 - CEP 59.022-530 - NATAL/ RN

Contato

(84) 3221-0300 | (84) 99409-5979

contato@abor.org.br